Tiago Leifert não vai mais apresentar o
Reprodução/Instagram
Tiago Leifert não vai mais apresentar o "The Voice Brasil"


Exclusivo: A coluna descobriu que a saída antecipada de Tiago Leifert trouxe um impasse para a TV Globo, e que Ivete Sangalo acabou sendo a solução temporária. Que Ivete foi um sucesso com o reality The Masked Singer Brasil, todo mundo sabe. Que Ivete seria a maior aposta da TV Globo aos domingos a partir de 2022, todo mundo também sabia. Mas o que ninguém esperava era que a cantora já ingressaria ma grade de programação dominical logo em janeiro de 2022. Mas a coluna tem a explicação.

Após o programa The Voice Brasil, que tem prazo de encerramento para dezembro deste ano - e que seria apresentado por Tiago Leifert - o plano da TV Globo era colocar logo na sequência a transmissão do The Voice +, que teria André Marques como apresentador. Entretanto, como André Marques precisou substituir Tiago Leifert de última hora, não foi possível manter o planejamento para que o The Voice + entrasse na sequência. Seriam dois formatos de programa com o mesmo apresentador. E diga-se de passagem: a imagem de André Marques já anda bem saturada entre o público.


Durante uma reunião na Globo, executivos da emissora resolveram ganhar tempo colocando o The Masked Singer Brasil com Ivete no meio do campo. Ocorre que um novo impasse ronda as salas das diretorias da Globo, e novas reuniões serão realizadas a partir dos próximos dias para resolver a questão.

Leia Também

O primeiro ponto que será discutido é quem permanecerá de fato com o The Voice Brasil, após essa edição apresentada pelo André Marques. O apresentador permanecerá com o The Voice, ou sairá em definitivo a partir das próximas edições, ficando apenas com o The Voice +?

Caso André Marques fique de vez com o The Voice Brasil, um sucessor deverá ser colocado para apresentar o The Voice +. O nome do apresentador Tadeu Schmidt é cogitado para substituir Leifert com o The Voice Brasil, além da confirmação do jornalista no Big Brother Brasil. Se esse cenário se confirmar, André Marques continuaria a frente do The Voice +.

Seria fácil resolver a questão entregando o The Voice Brasil para Tadeu Schmidt, e assim continuar com Marques no The Voice +. Neste bolo, segue confirmando o apresentador Márcio Garcia para o The Voice Kids. Mas um grande fantasma ronda os corredores da diretoria da Globo, e por isso novas reuniões estão sendo marcadas para resolver o tema: a perspectiva de Tadeu Schmidt no entretenimento.

Durante uma das reuniões que discutiram o tema, um dos diretores avaliou esperar o Big Brother Brasil para avaliar o desempenho de Tadeu substituindo Leifert. Alocá-lo também simultaneamento ao The Voice Brasil traz uma preocupação para a TV Globo. A cúpula teme que Tadeu se transforme numa espécie de "Fernanda Gentil" no entretenimento, ou seja, que não dê certo a empreitada. Isso porque Fernanda foi retirada do setor jornalístico e dos esportes para o entretenimento. E a missão falhou em todos os sentidos.

A emissora hoje tem conciência que várias tentativas realizadas com Gentil nesse segmento foram descontruindo e enfraquecendo o prestígio da apresentadora com o público. E é justamente essa preocupação que ronda os corredores do executivo da Globo: que o mesmo aconteça com Tadeu Schmidt, e por isso a ordem é ter muita cautela com o novo nome que deve entrar ou no The Voice Brasil a partir do ano que vem, ou no The Voice + caso André Marques fique de vez com o The Voice Brasil. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários