Ator ficou perplexo ao receber em casa uma pedra no lugar do relógio
Reprodução/TV Globo
Ator ficou perplexo ao receber em casa uma pedra no lugar do relógio


"No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho..." Foi dessa forma que o juiz leu a primeira linha do processo que o ator Murilo Benício abriu contra a rede Carrefour após comprar um relógio pela internet e receber na entrega uma pedra. Isso mesmo, uma pedra foi enviada à casa do ator.

O ator comprou um relógio “APPLE WATCH S6 44MM AZUL”, e  pagou no total R$ 3.076,91. A previsão de entrega foi de até 10 dias úteis. Entretanto, após 12 dias, o pacote chegou à casa do ator. De acordo com o processo, a "expectativa de Murilo Benício foi frustrada no momento em que abriu o pacote". O documento relata à Justiça que "em uma questão de milésimos de segundo, o ator passou de uma alegria imensa para uma tristeza profunda".


Para explicar o que sentiu ao se deparar com o que recebeu em casa, o ator personificou no processo a clássica imagem das duas máscaras que representam o Teatro, uma simbolizando um rosto feliz, e a outra expressando o sentimento de tristeza. "Só que nesse caso, infelizmente, era a vida real!", disse o ator no processo. 

Ator abriu o envelope e se deparou com uma pedra
Reprodução processual
Ator abriu o envelope e se deparou com uma pedra

Inacreditavelmente ao abrir o pacote, no lugar onde deveria estar o APPLE WATCH S6 44MM AZUL havia uma pedra. O ator classificou a situação como um absurdo. Em um dos trechos do processos, a advogada de Murílio Benício, Aline Hadid Jager, destacou: "o demandante, ator famoso, nacionalmente conhecido, protagonista em várias novelas, jamais poderia imaginar, nem no roteiro mais mirabolante, um desfecho tão dramático para a cena - momento de abrir o pacote enviado pelo réu. Definitivamente, não era o grand finale que esperava", disse a advogada em juízo.

Leia Também


O processo também narra outro susto vivido pelo ator durante o processo de compra com o Carrefour; Murilo conta que mesmo "estupefato, perplexo, atordoado" com a frustração de ver uma pedra no lugar do Apple Watch, imediatamente entrou em contato o Carrefour pelo telefone e efetuou a reclamação administrativa para obter a solução do caso. O objetivo seria receber outro relógio, ou o estorno do valor pago.

Entretanto, após aguardar cinco dias úteis para obter um retorno da reclamação feita ao Carrefour, o ator recebeu a resposta da empresa que nada poderia ser feito, uma vez que já havia passado sete dias após o recebimento do produto, ou seja, nada mais poderia ser feito. "O Carrefour, empresa que deveria zelar pela segurança no envio do produto comprado pelo demandante, informou que nada poderia fazer a respeito, sob a alegação falaciosa de que o prazo de reclamação havia se expirado. UM COMPLETO DISPARATE!", diz o processo.

O ator não viu outra saída diante desse absurdo, a não ser processar o Carrefour. Murilo Benício pediu à Justiça o valor pago pelo produto de volta, o montante de R$ 3.076,91, e também que a loja fosse condenada ao pagamento indenizatório de R$ 15 mil. 

No último dia 13 de dezembro deste ano de 2021, o ator e a empresa fizeram um acordo. Benício aceitou receber no prazo de 10 dias úteis o valor total de R$ 8.525 reais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários