Globo tenta convencer William Bonner a renovar seu contrato em 2025
Redação TV Foco
Globo tenta convencer William Bonner a renovar seu contrato em 2025


Âncora do Jornal Nacional, William Bonner foi a diração da TV Globo esta semana questionar se a emissora já conseguiu planejar um substituto para que ela possa deixar o principal telejornal da casa a partir de abril de 2022, data que será anunciada a nova programação da emissora. O jornalista completou 35 anos de emissora. Destes, 25 anos são dedicados somente ao Jornal Nacional. 

Esta não é a primeira vez que Bonner pede pra sair da atração. Ele já renovou duas vezes seu contrato a pedido da emissora, que vem nos últimos anos tentando convencer o apresentador a desistir da ideia. Em sua última renovação, o âncora cobrou que fosse colocado em seu contrato que após 18 meses nada mais o prenderia à emissora. A última renovação, inclusive, foi acertado com base em uma salário de R$ 800 mil para que ele aceitasse permanecer no cargo.


De acordo com fontes useguras do executivo da empresa, o jornalista foi à direção da Globo mais uma vez avisar que tem a intenção de deixar o Jornal Nacional no ano que vem, se possível antes de março. 

O executivo da emissora ainda tenta convencer o apresentador a desistir da ideia. Com 57 anos, a emissora pediu a Bonner mais uma vez que reconsidere a decisão. A emissora pediu a Bonner que aceite uma última renovação contratual até 2025, entretando o jornalista ainda não deu uma resposta à emissora. 

Você viu?

De acordo com informações exclusivas deste colunista, a TV Globo informou ao apresentador que enfrenta grandes mudanças na emissora aos finais de semana com a saída de Fusto Silva, e por isso pediu paciência ao jornalista para que mais um grande nome não impacte outra grande transformação em sua grade de programação em 2022.  

A última vez que Bonner havia afirmado sua saída da emissora ao executivo da casa foi em janeiro deste ano. Na ocasião, foi acertado que o apresentador sairia da atração em agosto de 2022. Entretanto, William Bonner teria pedido para antecipar sua saída em abril de 2022, pois sua vontade seria deixar a casa antes do início da cobertura das eleições presidenciais. 

Mudanças na Globo com nova política de promoção pessoal

A emissora marcou uma reunião entre o corpo executivo para discutir um novo modelod e gestão que resultará em despersonificar grandes nomes da casa, tanto no entretenimento quanto no jornalismo. Após a saída de Fausto Silva, o executivo compreendeu que apresentadores estavam sendo maiores que os próprios produtos que apresentavam, e por isso a escolha de manter nomes como "Domingão" e "Caldeirão" sem associação agora a nomes da casa.

De acordo com uma fonte do executivo da emissora, a Globo vem enfrentando dificuldades para substituir apresentadores já consagrados da casa, como Ana Maria Braga, justamente porque o público os consideram maiores do que os próprios programas, e sem eles o produto televisivo já não funcionaria mais, a exemplo do Mais Você.

Para pessoas próximas, William Bonner confidenciou que pretende se mudar para Portugal e desenvolver novos projetos na internet, onde mantem um grande público cativo de seguidores. Ele estaria cansado e tem sentido a pressão por ser o principal porta voz político da emissora. "Amado por uns, odiado por outros", teria dito o jornalista a um amigo. 

O apresentador tem trabalhado 12 horas por dia e desde o início da pandemia vem enfrentando um pesado ritmo de trabalho, que se na verdade se tornou ainda mais pesado com o contexto político que o país atravessa. Nessa última conversa com o executivo da Globo, a emissora informou a Bonner sobre a dificuldade para substituí-lo e citou que Evarisco Costa e Donny De Nucci eram os nomes que a emissora estava construindo no passado para essa substituição, mas que por uma série de fatores não obteve sucesso. 

A Globo aguarda agora ansiosa um retorno do âncora sobre sua permanência após o primeiro semestre de 2022. Conforme este colunista já informou, o apresentador ainda nção se manifestou sobre a possibilidade de aceitar a sua renovação contratual até 2025. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários