Segurança particular da família Marinho foi assassinado
Reprodução
Segurança particular da família Marinho foi assassinado


Um segurança particular da família Marinho - donos do conglomerado Grupo Globo - foi assassinado com um tiro na cabeça após uma tentativa de assalto. O carro que é utilizado para transportar a família estava com os seguranças próximo a um ponto comercial no Jardim Botânico, e passou a ser alvo dos bandidos.

Os criminosos não sabem que o carro em questão era de uso pessoal da família Marinho. A intenção, segundo testemunhas, foi render as pessoas no carro e levar o veículo, que tem valor aproximado de R$ 200 mil. 


Ainda de acordo com testemunhas, e também pessoas ligadas a família do segurança morto, os bandidos foram surpreendidos quando se aproximaram e entenderam que os ocupantes do veículo também estavam armados. Um dos criminosos efetuou disparos e acertou a cabeça de um dos seguranças antes de fugir.

Ninguém da família Marinho estava presente no veículo durante o ocorrido. O carro estava parado próximo a um ponto comercial no bairro do Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio, quando os bandidos chegaram. Apenas os seguranças da família estavam no local. O crime ocorreu mês passado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários